terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Sejam bem-vindos, professores, alunos e funcionários da
EEB Profª Gertrudes Benta Costa.
Desejamos que este ano   (Embora com um início meio conturbado),
seja repleto de realizações positivas.  
 
Sucesso para todos neste ano de 2013.
 
Mural elaborado pela profª Cida (Ed. Física)

Mural elaborado pela profª Rosemary (Arte)

Mural elaborado pela profª Priscila Costa (Arte)

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Início das aulas 2013

ESCOLA DESITERDITADA


25/02/2013 - Finalmente nossa escola foi DESINTERDITADA!!!!
 
Amanhã 26/02/2013 (terça-feira), a EEB Profª Gertrudes Benta Costa tem o prazer de receber professores e alunos.
 
    
Atenciosamente,
Germano Schmidt (Diretor)
Eliane Tomelin ( ATP)
 
________________________________________________________



22/02/2013 - A fiscal sanitarista Lia Renata Abreu, esteve na Unidade Escolar nesta tarde e não desinterditou a escola. Ela retornará na 2ª feira (25/02/2013). A obra continuará no sábado e no domingo, para que seja desinteditada na segunda-feira.

Atenciosamente,
Germano Schmidt (Diretor)
Eliane Tomelin ( ATP)


21/02/2013 - Com previsão de ser liberada nesta quarta (20), a escola Gertrudes Benta Costa, no bairro Petrópolis, ainda não tem prazo para começar as aulas. Em nova vistoria na unidade, a Vigilância Sanitária manteve a interdição porque as obras de reforma ainda não terminaram. A previsão é que o trabalho seja concluído até sexta(22), quando a fiscal sanitarista Lia Renata Abreu retorna para verificar as condições do prédio. “Volto na sexta-feira para ver se tem condições de liberar. Só depois de 100% de conclusão vai haver a desinterdição. Não vou liberar antes de terminarem os trabalhos”, garantiu a fiscal.
Na unidade, há homens trabalhando e materiais espalhados pelo pátio. Falta concluir a troca de portas e caixilhos em banheiros e salas, a substituição de lâmpadas também nos banheiros e a colocação dos pisos nos corredores. O diretor Germano Schmidt acredita que as aulas possam voltar na semana que vem para os mais de dois mil alunos. “Dá de concluir até sexta”, afirmou. Com a persistência da interdição, a rede estadual continua com sete escolas fechadas em Joinville das nove interditadas em dezembro pela Vigilância. Na terça, foi liberada a Tufi Dippe, no Iririú, e, na semana passada, a Nagib Zattar, no Jardim Paraíso.
SEGUE FOTO DO NOTICIÁRIO





Atenciosamente,
Germano Schmidt (Diretor)

Redigido por
Eliane Tomelin